Vida Real - Jornal Folha de Ouro

O Folha de Ouro TV documentou a história dos idosos do Asilo São Vicente de Paulo de Ouro Fino. As histórias trazem à tona, os valores da família e sua função indispensável no crescimento do caráter e dos preceitos do ser humano.

Perfumaria 728x90

 

São muitas as histórias de vida, de superação, de perdas e de vivências encontradas no Asilo São Vicente de Paulo, em Ouro Fino.

Histórias que mexem com o nosso coração e nos permitem um despertar de solidariedade, de ajuda ao próximo e de um novo conceito de vida em nossa consciência.

Os mais de 70 idosos alojados em nosso Asilo estão sobre os cuidados da gerente da instituição e também diretora, docente e psicopedagoga Zinita e sua equipe especializada que juntos formam uma bela família em serviço dos direitos humanos e dos direitos do idoso em nossa constituição.

Em cada corredor do asilo, em cada aperto de mão, em cada cuidado, atenção e carinho aos enfermos e em cada pessoa, transbordando a inocência e a bondade em seus olhares, é possível ter a experiência única de descobrir o valor incalculável da vida e da importância do amor dentro dela. Não há preço para os laços que criamos ao acolher essas pessoas em nossas vidas como parte de nossa família e de nossas vidas, no objetivo de fortalecer a corrente do bem neste mundo. Passamos a ter um grande prezo e um grande afeto ao cuidarmos desses velhinhos que hoje representam a sabedoria viva em nosso meio.

As histórias dos velhinhos que encontramos trazem à tona os valores da família e sua função indispensável no crescimento do caráter e dos preceitos do ser humano. 

São pessoas como nós, que amam e querem ser amadas incondicionalmente. Pessoas que estão no limite de sua condição física e que necessitam de cuidados especiais em alimentação, higiene e saúde e para assumir este compromisso de amor e de fraternidade, é preciso muito um coração cheio de amor, fé e um desejo ardente por um mundo melhor e mais feliz.

Todos nós pensamos que o mal é mais forte que o bem, mas na verdade o bem é muito mais forte do que o mal. O problema é que há no mundo pouquíssimas pessoas praticando o bem e esta ausência consequentemente fortalece o mal, já que o mal é sempre algo fácil de praticar e seduz as pessoas. Se o bem não se manifesta, o mal assume o seu lugar em quase tudo e se torna mais forte. Isso acontece também por conta das pessoas de bem, que muitas vezes permanecem quietas à procura apenas de uma paz interior e acabam se esquecendo das limitações e problemas do mundo, que só tendem a aumentar se ninguém fizer alguma coisa para mudar.

Fazer o bem é difícil e exige muitas vezes sacrifício e renúncia de nós mesmos, exige de nós até a renúncia do ego, mas vale a pena, pois a força que apenas um único ato de amor e solidariedade proporciona é extremamente forte em nosso meio e a ajuda que prestamos à apenas uma pessoa pode incentivar milhões ao convencimento de que o bem é mais forte do que o mal e que o amor é invencível.

Seja prestando ajuda a uma criança, como é o exemplo da Casa Lar Esperança e Vida, que já formou grandes homens e mulheres que hoje trabalham em prol de nossa sociedade, os velhinhos também têm o seu valor em nosso meio e significa para nós a plena existência do respeito e da voz da sabedoria em nosso meio.

Combater o preconceito também é o desafio do Asilo São Vicente de Paulo, que têm trabalhado em projetos para a recepção e visita de jovens e adolescentes das escolas de Ouro Fino, para que sejam apresentados a um universo do qual desconhecem: o universo da terceira idade.

Este projeto induz aos jovens enxergar a velhice com outros olhos, algo que nem sempre precisa ser triste, mas que pode ser visto como uma convivência que exija de nós o respeito e a paciência para com os seres humanos, que necessitam de nosso entendimento e de nossa ajuda.

Ensinar aos jovens o respeito aos mais velhos é ensiná-los a respeitar e aceitar a própria velhice, quando ela chegar.

E conscientizar muda o mundo.

Para Zinita, trabalhar em prol da saúde destas pessoas é um presente de Deus, pois alguns deles já não têm mais família e para toda a equipe do asilo, é a família que molda o ser humano em todos os aspectos.

Em entrevista, Zinita nos conta que algumas famílias já não aparecem há mais de 10 anos e que algumas só apareceram para assinar o atestado de óbito. Isso ocasiona muitas vezes um cenário triste no asilo, pois em conversa com alguns abrigados, ouvimos algumas lamentações e relatos que expressam saudades dos familiares.

Mas também presenciamos visitas de famílias que sempre estão presentes na vida de nossos queridos idosos e também tivemos o privilégio de presenciar este momento de alegria.

Isso comprova o que Zinita diz a nós sobre seus cuidados com os abrigados no Asilo São Vicente. São tratados com amor, muita dedicação, com uma boa alimentação e sempre muito bem acolhidos.

É por isso que parabenizamos a diretora Zinita e sua equipe e também ao nosso presente advogado Felipe Corol que está à frente da administração desta maravilhosa instituição.

E se você quer fazer o bem, você pode! Doe alimentos, fraldas e mantimentos para o Asilo São Vicente. A instituição te acolherá de braços abertos e você estará fazendo uma grande diferença neste mundo!

 

Reportagem: Ramon Ribeiro dos Santos & Bruno Mancinelle

Equipe Jornal Folha de Ouro

Divulgação: Bem Estar Ouro Fino
GENERICO 728x90

 

 Redes Sociais

    

Um site feito especialmente para você que procura o melhor do bem-estar e auto-estima na Internet, sempre tendo a comodidade de encontrar um conteúdo saudável na web, que promova sempre o bem, o amor, a paz, o otimismo, a alegria, o conhecimento, a música, a informação e a educação. 

Nosso site está localizado na cidade de Ouro Fino, no Sul de Minas Gerais, como a primeira empresa de publicidade globalizada culturalmente de nosso município, promovendo a qualidade da internet ourofinense e do Brasil. Aproveite sempre o que o mundo tem de melhor! 

Sempre ótimos dias para você e sua família!