Sexo

Neste mundo sexualizado

Mundo onde o sexo é exaltado

Como se exalta um Deus ou um grande Estado 
Seja ele imperialista ou modernizado
O ocidente gira em torno do prazer
Prazer de comer, prazer de beber, prazer de transar
Não importa a pessoa, nem importa o lugar
O importante é transar

 

Transar por vias anais
Transar oralmente
Transar igualmente
Transar em três, quatro, cinco, dez
O que vale é comer
As mulheres dão e os homens comem

 

Sexo animal, sexo selvagem
Sexo cheio de gemidos, gritarias, horrores, dor
Sexo masoquista, torturador, excitante
Que seja ausente de amor
Porque com amor deixa de ser divertido e fica monótono
A monotonia da junção é algo chato
Casamento é prisão
União de personalidades é algo que colide com o capitalismo

 

Capitalismo é ter, possuir, ganhar
E sexo ao pé da letra é parte disso
Consumir, comer, comprar, prostituir, usar, jogar fora, descartar, saciar, mostrar, ostentar, invejar, enfim, excitar, gozar e passar bem.

 

Será mesmo que foi Deus que criou o sexo?
Se o sexo não existisse, também não existiria maldade
Não existiria malícia, nem adultério, nem traição, nem bigamia, nem crimes passionais, nem estupro, nem hétero, nem homo, nem assédio, nem xingamento, não existiria nem machismo, nem feminismo, não existiria casos de polícia, nem assassinatos, nem egoísmo, nem o ego existiria.

 

Se o sexo não existisse, não existiria o medo de amar, nem de namorar
Não existiria palavrões, não existiria a AIDS, nem HPV
Não existiria ostentação, nem idolatria, nem brigas
Só existiria o amor, inocente, sem planos, sem expectativas, sem ansiedade, sem idealizações, sem doenças psicológicas, sem ira, sem mágoas, provido de paciência, de virtudes e de pureza.

 

Se apenas o amor existisse, tudo seria mais fácil
Seria mais fácil amar e ser amado, até seria mais fácil conversar. 
Pois o amor é querer ser presente, ser doador, ser gentil, ser o outro. 
Amor é querer estar ao lado e querer bem, é querer ser um motivo de felicidade para alguém, é querer ser parte de alguém. 
É um pacto, uma aliança, um vínculo que une duas personalidades em uma só, é simplesmente viver em razão de alguém.

 

O amor é se enxergar na outra pessoa
E enxergar a outra pessoa no espelho
É ser em dois uma vida paralela, em universos paralelos
E independente de sexo

 

Pois o amor satisfaz a alma e o eu interior, ficamos felizes por nada 
E aceitamos o mundo como ele é, nos amamos em corpo e amamos nossa essência. 
Nem precisamos beijar porque já nos sentimos beijando o tempo todo
Pela alma, pelo coração.

 

Será mesmo que o sexo é algo divino, como a mídia exalta
Adão e Eva viam-se um ao outro nus
E se enxergavam como complemente de um ao outro
Depois que a serpente os seduziu, cobriram suas partes íntimas
A malícia invadiu suas mentes, 
É o preço que pagamos por sermos inteligentes
Por querermos ser deuses

 

Nem é preciso falar tanto
Que o pênis é comparado a uma cobra
E que ironicamente vagina virou sinônimo de perereca
Afinal, o que uma cobra e um sapo tem em comum?

 

São sujos, asquerosos, nojentos e transmitem doenças
Uau, acabei de compará-los ao sexo consumista,
Aquele de fazer e nada mais

 

Quem não faz é careta
Se o sexo não existisse, até essa palavra cairia em desuso.

 
Ramon Ribeiro dos Santos

 

 Redes Sociais

    

Um site feito especialmente para você que procura o melhor do bem-estar e auto-estima na Internet, sempre tendo a comodidade de encontrar um conteúdo saudável na web, que promova sempre o bem, o amor, a paz, o otimismo, a alegria, o conhecimento, a música, a informação e a educação. 

Nosso site está localizado na cidade de Ouro Fino, no Sul de Minas Gerais, como a primeira empresa de publicidade globalizada culturalmente de nosso município, promovendo a qualidade da internet ourofinense e do Brasil. Aproveite sempre o que o mundo tem de melhor! 

Sempre ótimos dias para você e sua família!