Poema de 30 linhas sobre os que desandam o mundo

Estupro é violência,
Não é sexo,
Não é merecimento.

Estupro é covardia,
Não é com vadia,
Pode ocorrer com sua família.

Estupro se fosse com vadia,
Violência ainda seria.
Vadia mesmo é esta mente vazia
Que insiste em transformar horror em pornografia.

Estupro não é sexo,
É ao gênero
Ato violento sem nexo.

Estupro não é por causa da roupa
Que está pequena ou provocativa,
É culpa de uma cultura que violência cultiva.

Estupro não é ostentação,
Mas muitos compartilham
Gozando emoção.

Estupro é catastrófico,
Por mais mimimi
E por mais espaço para mulheres
E menos aos agressores e aos homofóbicos!

Um estupro a cada onze minutos
E tem gente que acha justo.
Ri, humilha e diz que no culto
Não aconteceria.
Pobre mente vazia;
Estupro
É violência contra a vida!

Eduardo Lucas Andrade

 

Via Feministas Revolucionárias

 

 

 Redes Sociais

    

Um site feito especialmente para você que procura o melhor do bem-estar e auto-estima na Internet, sempre tendo a comodidade de encontrar um conteúdo saudável na web, que promova sempre o bem, o amor, a paz, o otimismo, a alegria, o conhecimento, a música, a informação e a educação. 

Nosso site está localizado na cidade de Ouro Fino, no Sul de Minas Gerais, como a primeira empresa de publicidade globalizada culturalmente de nosso município, promovendo a qualidade da internet ourofinense e do Brasil. Aproveite sempre o que o mundo tem de melhor! 

Sempre ótimos dias para você e sua família!