O que pode acontecer com o Brasil se Dilma ficar até 2018?

A falência completa do país pode vir à tona e isso significará que estaremos à venda!

Estamos em 2018 e o Brasil vai ser leiloado. Os concorrentes são as grandes potências da Europa e América e também participantes da Ásia.

O primeiro lance é de Portugal, afinal, sua paixão pelo país é grande e ele oferece uma quantia de U$$1000,00 dólares, mas a Inglaterra tem um grande histórico em ambição por colônias e oferece o dobro. Eis que aparece a grande potência, os Estados Unidos da América, com o objetivo de arrematar com um lance estratégico de U$$7000,00 dólares. Quando os americanos pensam que conseguiram uma nova colônia para seus futuros investimentos, eis que aparece um concorrente à altura, a China, com um lance de U$$15000,00 dólares. A disputa agora fica acirrada! Quem leva o país falido como colônia?

E o país é vendido à aquele que mais tem competitividade, visão de futuro e projetos de longa data.

Quem leva são os Estados Unidos, prometendo um acordo com a China para seus investimentos em favor da liderança mundial bilateral.

Sim senhores! O Brasil pode acabar assim, a preço de banana, se a inflação continuar subindo constantemente, as empresas serão sufocadas por impostos e altas taxas nas contas de energia, e isso ocasionará em desemprego em grande escala. Com tanta gente desempregada, o poder de compra dos brasileiros diminui e as empresas não vendem. Resultado: falência total.

Com a falência das empresas e indústrias, não haverá mais quem invista em recursos para a produção de alimentos, tecnologia, matéria-prima e mão-de-obra. Nesta situação, o Brasil terá que importar todos esses recursos para sobreviver e isso resultará em preços altíssimos para o bolso dos cidadãos, que serão obrigados a ficar em filas intermináveis em supermercados e farmácias para comprar produtos de higiene e saúde, pois tudo será limitado e custará caro para cobrir os gastos da compra.

Em meio a crise, o que o Brasil conseguir produzir, será vendido aos outros países a preço de banana para aliviar a enorme dívida que iremos criar ao comprar recursos sem pagar.

Entretenimento? Esqueça!

O Brasil não terá mais capital para investir em festas e eventos. O pouco capital que nos sobrar por falta de investimento estrangeiro e capacidade de produção será usado como emergência para investir em métodos de sobrevivência, ou seja, saúde e alimentação.

Quem ainda estiver empregado, estará recebendo um salário baixíssimo, apenas para as necessidades básicas.

Lojas, shoppings e espaços de lazer serão fechados, pois não terão mais público e seu capital de giro estará esgotado.

O Brasil entrou no regime socialista. 

......................................................................................................

Mas espere um pouco: "E os governantes?"

Continuarão morando por aqui, mas todo o capital roubado do Brasil, que era responsável pelo seu PIB e pela sua renda per-capita estará sob a administração e gerência de paraísos fiscais da Europa.

Provavelmente construirão uma fortaleza que os protegerão do povo para seus lazeres de primeiro mundo e lá haverá cinema, teatro, cultura, shows e muitos fogos de artifício.

Do lado de fora da fortaleza, haverão policiais e soldados altamente treinados para pôr ordem na casa e "educar" quem for contra o governo ou tentar entrar na fortaleza.

E claro, continuarão roubando!

Mas chegará uma hora que o Brasil não terá mais nada para ser roubado!

E eles roubarão então nossos órgãos. (Um pouco de sensacionalismo às vezes faz bem).

.......................................................................................................

A conclusão é que se Dilma não sofrer o impeachment, ela e seu governo vão continuar roubando.

E se caso Michel Temer assumir o poder, a expectativa de futuro em nós brasileiros poderá melhorar, afinal, cá entre nós. Dilma não sabe governar nem o próprio nariz.

Michel, apesar de corrupto como todo bom petista, demonstra competência e projetos visionários.

Assim como Maurício Macri na Argentina, está agora na difícil missão de livrar o país de uma crise mais grave que a nossa.

A questão é: "Colocar alguém para administrar um país é algo muito sério".

O Brasil com certeza vai melhorar quando o brasileiro tiver consciência disso!

Texto: Ramon Ribeiro dos Santos

Jornalismo Bem Estar Ouro Fino

 

 Redes Sociais

    

Um site feito especialmente para você que procura o melhor do bem-estar e auto-estima na Internet, sempre tendo a comodidade de encontrar um conteúdo saudável na web, que promova sempre o bem, o amor, a paz, o otimismo, a alegria, o conhecimento, a música, a informação e a educação. 

Nosso site está localizado na cidade de Ouro Fino, no Sul de Minas Gerais, como a primeira empresa de publicidade globalizada culturalmente de nosso município, promovendo a qualidade da internet ourofinense e do Brasil. Aproveite sempre o que o mundo tem de melhor! 

Sempre ótimos dias para você e sua família!