O mundo está doente

"Nunca se viu uma geração tão depressiva como a nossa!" Afirmam cientistas! 

Me perdoem aquelas pessoas que não tem senso crítico sobre o mundo e sobre tudo o que está acontecendo perante de seus olhos, mas aqueles que dizem que todos esses fatos desastrosos, todas as nossas repentinas mudanças climáticas, todos os animais em extinção, toda a poluição que assola o planeta, toda a miséria de milhões de famílias no mundo, toda a ganância covarde de milhares de políticos sujos e sem ética, toda a ocorrência de milhares de pessoas sofrendo de depressão e vários casos de suicídio nos países mais ricos do mundo, divórcios e mais desuniões amorosas e familiares, guerras por causa de religião, assasinato de ex-namorada, esquartejamento de policiais e pessoas inocentes, por favor, quem me disser que tudo isso é decorrente de normalidade, é um grande tolo. Devemos abrir os olhos de uma vez por todas, sair de nossa pequena caverna e ver tudo de uma vez, ver que o mundo está realmente um caos assustador em todas as nações, em todos os lugares. Por onde vamos, vêmos corrupção, hoje o stress e a depressão são consideradas as doenças do século XXI. Empresas só querem vender, políticos só querem faturar dólares, a população mundial caminha ainda mais para a ignorância, fruto de um orgulho maldito individualista que faz com que as pessoas só pensem nelas mesmas, pois hoje o que vale é apenas ter privilégios, ter prazer, ter bem-estar próprio, e até mesmo em sentido mais imparcial, gozar a vida como se nossa dignidade de viver não valesse nada. Mulheres se prostituem para se manterem vivas, empresários com a sua doente ganância perdem totalmente o senso de seus próprios limites sobre a vida e sobre o mundo, aumentando ainda mais sua angústia, com a falta do amor no mundo, se dá lugar ao sexo e ao exibicionismo, onde no mundo de hoje, a sensualismo, mesmo sendo interpretado como uma forma de falta de respeito, virou uma forma de domínio da mulher sobre o homem, como se a mulher não valorizasse mais seu próprio corpo como uma dignidade destinada a ser amada por álguem especial. Hoje a música que entra em nossos ouvidos não tem mais arranjo, senão apenas um segmento único de batidas longe da criatividade com uma letra ousada e sem sentido, cheia de expressões maliciosas que são um ataque a sensibilidade humana. A mídia televisiva de hoje já não instrui absolutamente nada, senão apenas valorizar a vida alheia, nos ensinando que a felicidade deve ser mostrada como uma fachada a sociedade, uma forma de domínio para vencer ou criar conflitos que não existem. As grandes organizações do mundo, ONG's e empresas que se dizem trabalhar para a sustentabilidade, nunca revelam o que realmente acontence dentro de seu local de trabalho, elas tem a intuição de doar capital para pessoas carentes, mas de que adianta de que se para manter viva precisa ficar com a maior parte dos lucros? Os jornais apresentam notícias do senado para nós em que esses políticos engravatados dizem coisas que mal sabemos o significado, e a covardia está nesse ato de a mídia se mostrar inocente por ter mostrado alguma coisa.
As pessoas estão sendo obrigadas a trabalhar muito mais além de seus limites, e para quê? Para manter a economia do país sempre em andamento e para que não haja um colapso muito forte devido a grande quantidade de material eletrônico no mundo. Agora eu lhe pergunto, isso é decorrente de qual espécie? Isso mesmo! O ser humano!
Perante toda a sua ganância, ambição, deslealdade, egoísmo, nós tornamos o nosso planeta Terra um grande ambiente de guerras e deslealdade, onde o amor e o bem-estar estão por desaparecer por completo.
Cabe a nós humanos o maior desafio da humanidade no século XXI, que é reverter esse quadro o mais rápido possível, pois se não corrermos pode ser tarde demais.
O primeiro passo é saber que ainda há tempo, que podemos fazer do mundo um lugar muito melhor, que ainda há amor. O segundo passo é se conscientizar desse amor e fornecer esse amor ao próximo e o terceiro e o mais difícil passo, largar tudo relacionado ao dinheiro e servir a favor da natureza. O mundo inteiro precisa se consciêntizar disso. Pois o verdadeiro sucesso, não é adquirir status, nome e credibilidade, mas o verdadeiro sucesso é ter o caráter, o amor, a felicidade e a consciência da pessoa que você quer, pode e deve ser para você e para toda a sociedade.
Deixe que Deus ilumine seu coração e faça a diferença desde já.
Redação: Ramon Ribeiro dos Santos

 

 Redes Sociais

    

Um site feito especialmente para você que procura o melhor do bem-estar e auto-estima na Internet, sempre tendo a comodidade de encontrar um conteúdo saudável na web, que promova sempre o bem, o amor, a paz, o otimismo, a alegria, o conhecimento, a música, a informação e a educação. 

Nosso site está localizado na cidade de Ouro Fino, no Sul de Minas Gerais, como a primeira empresa de publicidade globalizada culturalmente de nosso município, promovendo a qualidade da internet ourofinense e do Brasil. Aproveite sempre o que o mundo tem de melhor! 

Sempre ótimos dias para você e sua família!