No Natal todos nós poderíamos dar uma nova chance ao amor.

É isso mesmo! Para quê ficar remoendo mágoas do passado ou ficar tentando superar a outrem, quando todos nós podemos nos unir e formar-mos juntos uma força insuperável de amor, paz, positividade, bem-estar e auto-estima? Para que querer ser dono do mundo nestas horas? Por acaso é dominando ao mundo que você vai conseguir preencher este enorme vazio no seu coração? Não! Corações se enchem com paz, esperança, amor e solidariedade. Por quê não nos fazermos de seres insignificantes neste mundo para que assim possamos encontrar alguém que signifique o mundo para nós, fazendo-nos completamente esquecer o mundo, por transbordarmos de tanta felicidade?! A gente se completa mesmo no amor é com o amor do próximo. Por quê agora fingir que está tudo bem sendo que você está aí, agora, sozinho. Será por acaso para dizer isso para qualquer pessoa que apareça em sua frente, sendo que você poderia estar demonstrando com toda certeza em seus sentimentos e seu olhar para alguém especial, para aquela pessoa que percebe até o mais profundo de sua alma e sem precisar falar nada, ela perceber que você está bem, só por estar com ela?! Será mesmo tão necessário ficar jorrando frases e mais palavras de felicidade para os quatro cantos do mundo real e virtual sendo que você mesmo não está sentindo nada por estar simplesmente sozinho. Será mesmo, que nós, pobres mortais, somos assim, tão importantes e tão cheios de nós mesmos que podemos chegar ao ponto de não precisar de absolutamente ninguém para sermos felizes? Será que com essa cisma podemos chegar a ser deuses? Será mesmo a felicidade um ensaio? Uma peça de teatro? Um filme de cinema? Simplesmente será mesmo a felicidade um bem material? Um carro? Um computador? Um perfil na internet? Um ensaio sobre a cegueira? Será mesmo a Felicidade uma coisa tão complicada? Talvez a felicidade esteja aí, batendo a sua porta todos os dias e você não a abre! Simplesmente por quê a minha felicidade é mais importante que a felicidade dos outros! Por Favor! Pense! A felicidade não pertence a ninguém neste mundo e você, meu caro amigo, meu caro face, meu colega, não pode ser nada sem ela. Nós achamos que a possuímos, mas na verdade possuímos mesmo é um fantoche muito conhecido chamado orgulho. Com ele, podemos ter a imagem de pessoas felizes, mas nunca a sabedoria de poder ter o conhecimento do que é realmente ser feliz. Sabe aquela paz de espiríto que temos e faz-nos não nos importar com mais absolutamente nada neste mundo? Pois é! É desta mesmo que eu estou falando! Aquela sensação de liberdade, ao contrário daquela prisão em correntes que se chama encenação de "ter felicidade". Não se pode "ter felicidade", só se pode ser feliz e quando se é feliz, é feliz e pronto. Esta é a felicidade: "Se Sentir Completo". A gente pode começar a praticá-la agora! Não precisamos ser tão politicamente corretos, mas sim, podemos às vezes, quebrar algumas regras para pelo menos sentir a nossa importância perante a quem nos ama e quem amamos e não apenas ao mundo ou ao sistema que exige tanto de nós. O amor é tudo e não nos cobra nada. É importante nós sabermos que o tempo para ser feliz é curto, assim como a própria vida! Vá depressa e vá viver! Vá ser feliz! 

Eu te desejo isso em 2014: Felicidade... (MESMO)! 

Redação: Ramon Ribeiro dos Santos

 

FELIZ NATAL E PRÓSPERO ANO NOVO! FELIZ 2014!

 

 Redes Sociais

    

Um site feito especialmente para você que procura o melhor do bem-estar e auto-estima na Internet, sempre tendo a comodidade de encontrar um conteúdo saudável na web, que promova sempre o bem, o amor, a paz, o otimismo, a alegria, o conhecimento, a música, a informação e a educação. 

Nosso site está localizado na cidade de Ouro Fino, no Sul de Minas Gerais, como a primeira empresa de publicidade globalizada culturalmente de nosso município, promovendo a qualidade da internet ourofinense e do Brasil. Aproveite sempre o que o mundo tem de melhor! 

Sempre ótimos dias para você e sua família!