Femismo: O Novo Conceito

Onde está o espaço do homem na luta contra o machismo? Foi abolido pelas feministas, ou melhor, femistas!

O termo "femista" é novo aqui no Brasil. Pouquíssima gente conhece e seu significa atraibuí-se ao mesmo comportamento de um homem machista, ou seja, uma mulher femista é aquela que impõe e dita a inferioridade do homem perante a mulher.

A femista adota o pensamento de que nenhum homem presta, de que todos são canalhas e excelentes estupradores por natureza, devendo ser dizimados o mais rápido possível. Este é o femismo! 

 

Já o Feminismo!

O feminismo é bem diferente. Trata-se de um movimento ativista, filosófico, político, idealista e social organizado por mulheres revolucionárias no começo do século XX e que tem como objetivo conquistar direitos e deveres igualitários entre os gêneros. É uma luta para tornar igual em frente ao mercado e à sociedade a conduta dos homens e das mulheres. Isso inclui salários iguais, direitos do trabalho, auxílio maternidade e também paternidade, liberdade sexual e independência financeira.

A luta pelos direitos das mulheres começou a ganhar força na década de 80, no mundo pós-guerra e hoje as mulheres já tem um papel de importância na sociedade, lutando agora pelos seus direitos e competências no mercado de trabalho e no setor público. 

A Diferença!

De modo algum, uma mulher feminista procura rebaixar e ridicularizar os homens pelas suas características físicas, mentais e fisiológicas, acreditando de forma estereotipada que todo homem é machista pelo simples fato de ser caracterizado macho, já que a palavra macho é facilmente associada à palavra "machismo".

O estereótipo é algo que ofende irracionalmente uma pessoa pelas suas características físicas, mentais e fisiológicas.

Sabemos que o machismo é uma característica masculina, mas não é A ÚNICA característica.

O machismo é caracterizado e diagnosticado como um distúrbio mental e social que atinge em maioria aos homens e para caracterizar mulheres com este distúrbio, criou-se o termo "femismo" como forma de defesa aos homens de valor.

O machismo também é mais comum em homens por se caracterizar em força física, mas a força física não faz de todo homem um machista. Pode ser usada para defender uma mulher e se essa mulher não quer ser defendida, é porque é femista mesmo.

Ao mesmo tempo que um policial pode usar sua autoridade para oprimir um cidadão, um homem pode usar sua força para oprimir uma mulher, e, uma mulher pode usar seu respeitado ativismo para oprimir um homem.

O que existe é ignorância e para combater a ignorância, basta o conhecimento e o senso de ética e moral.

Não se julga ninguém pelas suas características. Só depois que o conhecemos podemos fazer isso. 

Redação: Ramon Ribeiro dos Santos

 

 Redes Sociais

    

Um site feito especialmente para você que procura o melhor do bem-estar e auto-estima na Internet, sempre tendo a comodidade de encontrar um conteúdo saudável na web, que promova sempre o bem, o amor, a paz, o otimismo, a alegria, o conhecimento, a música, a informação e a educação. 

Nosso site está localizado na cidade de Ouro Fino, no Sul de Minas Gerais, como a primeira empresa de publicidade globalizada culturalmente de nosso município, promovendo a qualidade da internet ourofinense e do Brasil. Aproveite sempre o que o mundo tem de melhor! 

Sempre ótimos dias para você e sua família!