A violência é característica de pessoas animalescas.

Brigas, luta corporal, gritos, estupros, abuso de força bruta sobre alguém mais fraco, tortura, abuso sexual, abuso moral e ataques verbais, enfim, esta infinidade de comportamentos imorais são caracterizados como distúrbios mentais de pessoas que deixaram-se levar pelo vício, pela ignorância, pelas más influências do mundo e por uma enorme quantidade de sentimentos ruins e impuros. Tudo isso resulta na depressão e consequentemente em um rabugismo patológico. Tudo isso pode ser resultado de traumas psicológicos, falta de instrução social, abstinência por drogas e uma série de conflitos internos.

O machismo, o racismo, a homofobia, a discriminação social e o preconceito de classes é uma dura realidade, ainda, e isso provém de pessoas ignorantes e sem instrução social ou familiar, mas se tiveram tudo isso, é porque são pessoas que deixaram-se levar pelo ódio e pela estupidez. O vício e a busca incessante pelo prazer torna qualquer pessoa desprovida da capacidade de pensar e raciocinar, torna toda pessoa um animal. José Saramago já dizia que a partir do momento que o homem perde sua moral, sua conduta social e sua capacidade de pensar, ele perde também sua dignidade e passa a ser apenas um animal qualquer, com membros e instintos animalescos, como comer, fazer sexo e brigar por pedaço de carne ou território. Saramago entendia, assim como Karl Marx, que o ser humano é um animal racional e por isso está no domínio sobre todas as outras espécies existentes no planeta. A partir do momento que o ser humano começa a desvalorizar seu cérebro e sua capacidade de raciocínio, sua espécie começa a enfraquecer até que o ser humano vire um bicho. A intelectualidade do ser humano é o que permite à nossa espécie a nossa capacidade de sermos sociáveis e civilizados para compartilhar do mesmo meio e quando a nossa inteligência começa a desaparecer, ficamos mais brutos, mais rebeldes, mais agressivos e mais opressores. Começamos a ser tomados pelo desejo egoísta de conquistar território e isso causa as guerras, a morte, a fome e o sofrimento. Somos levados pelo prazer e isso faz-nos perder o auto-domínio e quando vêmos, não sabemos mais quem somos e isso resulta em morte. Ficamos mais vulneráveis às doenças e queremos a todo custo alguma coisa e matamos, roubamos, tiramos dignidade para conseguir o que se quer. A ignorância enfim toma conta de nós. Será que estamos assim hoje? Estamos ficando animalescos? Estamos nos entregando para nossos instintos selvagens? Se a violência existe é porque existe a ignorância e a ignorância é o mal dentro de nós. Ninguém que age com violência age com a razão. Quem tem auto-domínio sobre si mesmo consegue contornar qualquer situação com cautela e de modo civilizado através da ética, sem machucar ninguém.

Violência é pra animal burro e não somos burros! 

Isso é instinto animal!
 
Redação: Ramon Ribeiro

 

 Redes Sociais

    

Um site feito especialmente para você que procura o melhor do bem-estar e auto-estima na Internet, sempre tendo a comodidade de encontrar um conteúdo saudável na web, que promova sempre o bem, o amor, a paz, o otimismo, a alegria, o conhecimento, a música, a informação e a educação. 

Nosso site está localizado na cidade de Ouro Fino, no Sul de Minas Gerais, como a primeira empresa de publicidade globalizada culturalmente de nosso município, promovendo a qualidade da internet ourofinense e do Brasil. Aproveite sempre o que o mundo tem de melhor! 

Sempre ótimos dias para você e sua família!